Aposentado desde 2015, Neto Coruja aciona Justiça e cobra R$ 10 milhões do Vitória