Itamaraty confirma que ex-mulher de Bolsonaro pediu ajuda após ser ameaçada de morte